sexta-feira, 29 de abril de 2011

Casamento no candomblé

Bom dia e agora são 07h02, cedo né? Não para quem quer assistir o casamento do príncipe William e de Kate Middleton, afinal não é todo dia que um membro da realeza casa-se. E com isso eu fiquei pensando: No candomblé não temos um ritual “organizado” para realizar casamentos? Acho que não!


Há alguns anos, vale lembrar que tivemos um famoso matrimonio, realizado pelo Pai Cido de Oxum, porém na época me lembro de ter ouvido várias coisas, como por exemplo o fato dos dois noivos, estarem usando ekodidé, só que ambos não eram iniciados, e um dos dogmas do candomblé é que a pena do ekodidé só deve ser usada na cabeça, pelos “feitos”, isso partindo do principio que se você casa na igreja católica, você tem que ser batizado, se for na evangélica a mesma coisa, como para nós do candomblé, o batismo seria equivalente a iniciação, tal ato matrimonial não poderia ser realizado. Enfim são muitas especulações e não há o que se faça nessa religião que esteja correto, afinal sempre terá alguém para criticar.

Devemos entender que na África, cada tribo tem seus preceitos e seus rituais, por exemplo na tribo de Oyó, quem é patrono do casamento é Xangô, na tribo de Osogbò, é Oxum. No livro Orixás de Verger, ele narra que após a iniciação em Oyó, cada qual é colocado na frente de seu futuro noivo, com as pernas entrelaçadas e a partir daquele momento formam uma nova família.

Aqui no Brasil, o orixá que rege essa área seria Oxum, por estar ligada ao amor e a família, no meu entendimento poderia ser qualquer orixá, afinal acredito que todos queiram seus filhos casados e com família, isso indenpendente de orientação sexual.

Para mim nada mais do que justo: Sou de uma religião, e minha companheira (o), também é, para que casar na igreja católica por exemplo? Se não vamos seguir a doutrina cristã... Como uma amiga uma vez disse: - É o normal! (risos).

Eu vejo o casamento no candomblé, como um ato, como todos os outros, primeiro rezamos, perguntamos ao orixá através do obi, se eles aceitam esse matrimônio, declaramos um orikí, que fale sobre a vida conjugação, e realizamos o xirê em homenagem aos noivos e aí seguimos para a recepção, bolo e etc...


Lembre-se que independente da cerimônia, por mais especial que seja, não é garantia de felicidade, pois essa “tal felicidade”, quem constrói é você.

Um beijo no coração e uma ótima sexta-feira.

3 comentários:

Felipe Teixeira Carfona disse...

Realmente a Cerimonia pode ser ela qual for com orikis lindos e xompletando com o xirê, mas quem faz a felicidade e você.
com cordo tbm que se faço parte do condomble ou da umbanda não tem sentido me casar na igreja e sim na minha religião de origuem onde consagro minha Fé.

Motumba

Francisco de Logun disse...

Sua Benção...

Bem assim como os outos posts esse também é de grande importância...

Na minha concepção quem é do Católico casa na igreja, Umbandista na Umbanda e quem é do Candomblé casa no Candomblé. Não fui batizado quando novo na Igreja Católica na qual minha familia era adepta, e mesmo com o passar do tempo, depois que entrei no santo (ainda sou abiãn), não quiz me batizar na igreja, pois não seguirei os dogmas e nem preceitos da igreja. Meu batismo será a minha feitura, aonde terei um Babakekerê e uma Yakekerê, que tem a mesma importância ou até maior que os padrinhos.
E em relação ao casamento da mesma forma, não quero que um Padre conduza a cerimônia de meu casamento e sim minha Yá, e que a cerimônia seja com comidas, ritos, músicas e ornamentação de acordo com a religião na qual sigo.
Não sou católico, então não me vejo casando na igreja e sim em uma roça, aos sons dos atabaques, orikis e rezas... rs

Motunbá.

art disse...

Sou a arte q evapora da terra dos meus antepassados,e sou usado como instrumento para perpetua essa memoria transcendental.

PRODUZO ESCULTURAS , PINTURAS EM TELAS ,PINTURAS EM ALTO RELEVO SOBRE CAMISAS, ENTRE OUTROS.
ATUALMENTE ESTOU TRABALHANDO COM A TEMATICA DAS ENTIDADES AFRO-BRASILEIRAS.
ENVIO PRA QUALQUER ESTADO
INTERESSADOS ME ADICIONE NO MSN
esculturas_arte@hotmail.com
SITE:http://leoescultura.no.comunidades.net/