Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

Qual a “qualidade” do seu Orixá?

Imagem
Todos que são iniciados no candomblé Ketu, acredito que já devem ter ouvido essa pergunta e o que sempre me questionam é, qual resposta que um yáwô deve dar. Vou narrar uma história que aconteceu comigo há alguns anos: Estava acompanhando um amigo zelador em um candomblé de Xangô e havia muitos “mais velhos” presentes, até que entre um “motumbá e outro”, um yáwô bem novinho se aproximou de uma ebomí e se apresentou: - Benção M. Fulana?! Meu nome é Cicrano de Yèyè Opará.
Ela respondeu prontamente: - Oxum te abençoe, você também é de Oxum? Quem é seu pai de santo?
E ele respondeu: - É Pai Betrano de Yá “Gunté”.
Novamente, desta vez em tom irônico ela responde: - Assim, Pai Betrano de Yemanjá... não, não o conheço.
Após o yáwô ir embora, ela abaixou a cabeça fazendo sinal de reprovação.  Meses depois, tive a oportunidade de sentar para conversar com essa mesma ebomí, que também é yálorixá e como aquele assunto não havia saído da minha cabeça, relembrei o ocorrido e perguntei o motivo da reprova…

Lá se vai mais uma primavera

Imagem
As minhas alegrias e tristezas sempre foram divididas com vocês, minha família, amigos e seguidores, há mais de oito anos nas redes sociais, 1.500.000 de visualizações do blog (terradosorixas.blogspot.com.br), 50.000 curtidas na fanpage, 5.000 amigos aqui no Face e como eu alcancei essa marca? Simples, eu compartilho diariamente minhas experiências pessoais e religiosas sem filtros, com o tempo as coisas foram acontecendo, porém eu fui ficando mais seletivo, acredito que a própria idade me fez enxergar as guerras que eu queria ou não enfrentar, aquele menino de vinte e poucos anos que questionava tudo foi dando lugar a um cara mais maduro e que pensa mil vezes antes de se posicionar, mas com uma identidade bem definida e sem medo de ser quem sou. 
Aos 31 anos aprendi que, tudo teve um sentido, cada sorriso, cada lágrima construiu quem eu sou e a maior lição desse 2017 foi o “exercício do perdão”, não aquele da boca para fora e sim aquele que sai da alma é aplicado em atitudes. Me perd…

Preservação do Candomblé

Imagem
Durante esse dez anos de sacerdócio fui aprendendo lições valiosas conforme a observação e aplicação dos fundamentos e atos que vamos agregando, principalmente quando se trata da necessidade de um filho ou parceiro do axé. E o que escrevo hoje não é uma critica a minha religião, longe de mim, pois o Candomblé é a minha vida e tudo o que há nele é importante e me serve, mas expor minha visão sobre o cotidiano e que isso possa ajudar outros irmãos que estão começando a trilhar esse caminho de fé. Nossa fé ficou muito tempo focada em resistir, seja os ataques dos cristãos, seja político, o que nos manteve unidos, mas atualmente temos que resistir aos irmãos da própria religião, diariamente recebo mensagens de zeladores que reclamam sobre a falta de ética e respeito dentro muitas vezes da própria família de axé, onde aprendemos nos ensinamento ancestrais que se somos de uma única família, teremos a mesma reza do obi, a mesma “mojuba”, ou seja, se a casa do meu irmão não foi boa, a minha …

Atendimento com Jogo de Búzios

Imagem
Como funciona? A consulta é feita com o Merindilogun, o que chamamos popularmente “Jogo de Búzios”, onde sete áreas da sua vida são analisadas energeticamente. Ancestralidade: marcas herdadas dos seus antepassados que influenciam o momento. Destino: o atual momento. Cabeça: como você está recebendo energia. Coração: que força seu emocional tem de gerar, positivo e negativo. Prosperidade: a forma com a qual você lida com seu lado financeiro. Corpo: relação a sua saúde. Caminho: qual é o seu potencial energético.
Todos esses campos vão ser confrontados por três visões, a do Orisá (divindade), ori (eu) x a da ègbé (comunidade). Com essas informações seu caminho se torna mais seguro na hora de tomar uma decisão, lembrando que o destino é escrito conforme suas decisões (arbítrio) e muitas vezes as orientações não serão apenas espirituais, mas também ao que se refere a comportamento, que devem ser devidamente seguidas para chegarmos aos resultados desejados. Bàbálorisá Diego de Odé Consulta com hor…