Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Testemunhos de fé

Imagem

Organização e Iniciação no Candomblé

Imagem
Apesar da ascensão das igrejas evangélicas e todo o preconceito que a nossa religião sofre, observo nos últimos anos um número cada vez maior de pessoas que querem se iniciar no Orixá por amor, por acreditar na nossa fé, o que há décadas atrás não acontecia, pois o nosso culto era apenas uma “UTI” pós Umbanda ou Kardecismo, mas se iniciar em uma religião tão complexa, precisa de uma preparação, organização e muito compromisso. O primeiro passo é sempre a consulta ao merindilogun (jogo de búzios), ele vai indicar que Orixá você irá se iniciar, qual o seu caminho na religião (iyáwò, ogan, ekedi...), e aí sim é feita a sua “lista”, que vai conter tudo que é preciso para o seu período de recolhimento. Eu sempre aconselho meus filhos, que comprem tudo com muito amor, dedicação e dê o melhor que puderem, afinal o Orixá merece o que é bom e principalmente, duradouro. Alerto que aqui estou tratando de quem entra por AMOR e não por necessidade, ou seja, está passando por um problema grave de s…

Medo, seu pior inimigo!

Imagem
Não tenha medo de ser feliz, não tenha medo de enfrentar a vida, essas são frases clichê, mas que possuem uma verdade incontestável, o medo pode ser seu pior inimigo. Eu sofri muito tempo com medo, medo de falar o que eu penso, medo do julgamento das pessoas, medo de perder pessoas e hoje eu vejo que tudo isso é uma grande besteira. O medo precisa ser o nosso aliado, ele é quem determina o que é importante ou não para nossas vidas. A grande maioria das pessoas que eu atendo, tem medo das “más línguas”, da inveja e de serem traída, e sempre aconselho o seguinte, viver é um jogo, onde você ganha, perde e acumula pontos, cada etapa vencia ou superada, deve te fazer melhor e mais seguro, pois tem algo pior que viver na “corda bamba”? Estar casado e não confiar, ter um emprego e saber que a qualquer hora pode ser dispensado ou se iniciar e não saber que vai ou não continuar naquele axé? Esses dilemas fazem parte de toda a nossa vida, mas levante a cabeça e enfrente. Quanto a opinião das pe…

Curta a Nossa Fanpage

Imagem
https://www.facebook.com/baba.d.ode

O Sentida da Oferenda

Imagem
Em quase todo mito yorubá encontremos menção à oferendas aos Orixás e esse é um costume da maioria das religiões antigas que nós, do candomblé, herdamos e eu particularmente vejo como um ato muito bonito, dividir sua mesa, aquilo que colhemos com o Orixá tem todo sentido, pois acredito que sem ele nada é possível, contudo a crença de ofertar é muito maior que fazer uma comida ou dar osé no seu igbá, você precisa sentir a magia do axé, dar o melhor de você, com carinho, atenção e dedicação, afinal não é isso que você espera do seu Orixá? No nosso culto, temos louças, precisamos de grãos e etc, tudo isso custa dinheiro e cada vez mais o que é para nós que cultuamos Orixá, é ainda mais caro, um obi R$ 5,00, uma boa sopeira, R$ 180,00 e por aí vai, isso sem falar das despesas de uma casa de axé, como água, luz, telefone... E evidentemente como vivemos em uma realidade física isso tudo é muito importante, mas não tudo e eu aprendi isso vivendo axé, pois antes de ser babálorixá eu acreditav…

O Orixá tem gosto?

Imagem
Essa é uma pergunta que sempre me fazem, ou seja, o Orixá escolhe o que vai vestir, o que vai usar e etc. E a minha resposta é muito direta, SIM, pois as forças da natureza, como a água, como o fogo, o ferro, o vento... tomam consciência através do nosso culto, o nosso tempo e principalmente mediante a nossa ancestralidade, isso não explica apenas o gosto, mas a forma de se manifestar e o que oferecemos dentro do quarto de axé. Eu costumo dizer que eu não posso vestir Oxum de roupas pretas ou Lufan de vermelho, afinal eles possuem sua origem e já existe um culto para ampará-los, então para que eu vou desrespeitar o que meu antepassados já tinham como verdade?
É notável a diferença entre um filho que compra as coisas do seu Orixá com gosto e sacrifício daquele que compra com dó, que só reclama e que diretamente ou indiretamente, joga na cara do seu próprio Orixá o que ofertou. Antes eu passava por cima, entendia, mas hoje não, se não for para fazer com gosto, com amor e dedicação, eu al…

E vamos começar logo 2015...

Imagem
Começa um novo ano e com ele a vontade de fazer diferente, de renovar a vida, mas sinto muito em dizer que a coisa não é tão fácil assim, somos a soma dos erros e acertos vividos e isso não vai mudar em um triscar de dedos, teremos sempre que nos esforçarmos para conseguir o equilíbrio, pois o tempo marca e deixa cicatrizes poderosas, que devem servi como exemplo ou podem ficar escondidas debaixo de uma maquiagem, que logo é retirada pelas lágrimas. O Orixá e o axé estão em nossas vidas para dar sentido a todo sacrifício e consequentemente às nossas vitórias, não vejo o Orixá como uma força contrária ou que boicota os nossos planos, sei que existem mistérios e o que nesse momento não faz sentido, amanhã com certeza entenderemos. A nossa fé é tão bonita, tão cheia de encanto e como os antigos dizem, Ifá nunca nos diz não, ele sempre nos orienta, só não podemos querer que ele diga aquilo que queremos ouvir ou faça mágica. O tempo que nos dedicamos a nossa fé, não é cronometrado ou vira …