segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Organização e Iniciação no Candomblé

Apesar da ascensão das igrejas evangélicas e todo o preconceito que a nossa religião sofre, observo nos últimos anos um número cada vez maior de pessoas que querem se iniciar no Orixá por amor, por acreditar na nossa fé, o que há décadas atrás não acontecia, pois o nosso culto era apenas uma “UTI” pós Umbanda ou Kardecismo, mas se iniciar em uma religião tão complexa, precisa de uma preparação, organização e muito compromisso.
O primeiro passo é sempre a consulta ao merindilogun (jogo de búzios), ele vai indicar que Orixá você irá se iniciar, qual o seu caminho na religião (iyáwò, ogan, ekedi...), e aí sim é feita a sua “lista”, que vai conter tudo que é preciso para o seu período de recolhimento. Eu sempre aconselho meus filhos, que comprem tudo com muito amor, dedicação e dê o melhor que puderem, afinal o Orixá merece o que é bom e principalmente, duradouro. Alerto que aqui estou tratando de quem entra por AMOR e não por necessidade, ou seja, está passando por um problema grave de saúde e vai precisar renascer para que o Orixá possa agir em sua vida, nesses casos a comunidade, família e amigos ajudam.
Cada detalhe é importante, da esteira a “roupa da orunkó”(roupa usada no evento publico) e nada precisa ser luxuoso ou ostensivo, e sim preparado com amor e capricho, afinal esse será um grande passo em sua vida, para mim é maior que noivar, casar ou se formar na faculdade, pois é ter o reconhecimento da terra e também do céu, um momento único que deve ser marcado pela emoção, respeito e muita alegria. Então você que está se preparando para fazer seu Orixá, corra atrás, peça ajuda sempre dos seus mais velhos e principalmente do babálorixá, para que tudo seja de axé em sua vida, e uma palavra que carrego comigo que uma egbomi de mais de quarenta anos de Orixá me disse uma certa vez:
“Meu filho, o iyáwò para ter axé em sua vida, precisa se sacrificar, apertar o bolso, pois para tudo se tem, porque na hora do Orixá, que é a nossa base, vamos fazer com miséria? Cada tostão é recompensado, cada gota de suor pelo Orixá é um ano de vida”.
Organização é a palavra que vai te guiar, pois nada melhor que deitar nossa cabeça na esteira com tudo certinho e arrumado, sem preocupações.
Muito axé e uma ótima segunda-feira.

Nenhum comentário: