quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Para quem você anda contando seus planos?


Hoje vou falar de um assunto bastante presente em nossas vidas, que é a respeito de divulgarmos nossos planos e realizações, e minha pergunta é:


- Para quem você está contando da sua vida? 



Com as redes sociais acabamos expondo mais de nossa vida pessoal do que deveríamos, e como babálorixá e consultor espiritual, vou dizer por que isso não é tão bacana.

Nós do candomblé, acreditamos no Ory e no seu poder, que seria a nossa capacidade de mentalização e consequentemente de gerar energia, onde emitimos essa força tanto de forma negativa quanto positiva e como isso nos afeta?

Exemplo, você chega no trabalho e conta aos seus amigos que vai fazer uma mega viagem para Chicago, pois mesmo ganhando o mesmo que os outros ganham, juntou, apertou e finalmente vai realizar esse sonho, entre esses “colegas” que vão ouvir, um ou dois se sentiram incomodados e consciente ou inconscientemente vai gerar um pensamento negativo como:

“Porque eu não consigo?”

Ou, “nossa ele é abençoado e eu não”, e se naquele dia você estiver com sua “imunidade espiritual” baixa, vai acabar recebendo essa força, o que pode gerar obstáculos para o seu tão sonhado desejo de viajar. O que estou falando não é suposição, e algo que nesses anos que atendo, já vi muito.

Eu oriento meus clientes e filhos de Orixá da seguinte maneira:

Para Família: Divida seus medos, seus planos e divida suas realizações.

Para os Amigos: Conte seus planos e comemore suas realizações.

Para os Conhecidos: Só fale as metas já realizadas, afinal não há nada mais satisfatório que gritar ao mundo: Eu superei e venci!

Mais uma vez, cuidado com o que você fala da sua vida, tem gente que recebe o seu Sucesso como ofensa, pois por falta de esforço e capacidade se acomodam em simplesmente “parasitar” a vida dos outros.

Agradeço o carinho de todos e saibam, meu papel na vida de vocês ajudar-vos a encontrar sua felicidade!

Nenhum comentário:

A Força do Ajé - Como funciona

A força do Ajé – Como funciona Sabemos que no Candomblé a força do “Ajé” existe, seja em qual for a época, sempre se ouviu falar que há...