segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Reflexão do Dia dos Pais


A figura de Pai, sempre foi muito importante na minha vida, tenho um pai carnal maravilhoso, que me criou com muito carinho, durante um tempo em minha vida, ele esteve distante, não por vontade dele, mas pelo meu egoísmo em achar que o que eu escolhi para minha vida, não iria condizer com aquilo que ele esperava de mim, infeliz decisão, pois hoje somos grandes amigos. 


Em outro momento a figura de pai foi fundamental, quando eu perdi minha bisavó, que também era minha Iyálorixá, Olorun como sempre, não me deixou desamparado, e me colocou no colo de uma Oxum e seu filho Pai Toninho de Oxum, cuidou de mim, até a maioridade, literalmente, zelou por mim e pelo meu Orixá, e serei sempre grato, por obra do destino, acabei seguindo outros caminhos e era a hora de mudanças, então encontrei o Pai Toninho de Xangô, que arriou minha obrigação de odú ejè, um dos momentos mais especiais da minha vida, muitos dizem que foi para a casa dele, para ter nome e status, mas aqueles que estavam do meu lado sabem, que não foi por isso e sim por ele ter uma história de vida, muito próxima a minha, pois veio de Egbá, assim como minha bisavó, era de Pernambuco e enfrentou muitas dificuldades e preconceito, assim como eu. Hoje mesmo não estando mais frequentando o axé, gostaria de deixar aqui os meus sinceros agradecimentos, por ele ter me dado caminhos e dizer que mesmo não estando mais perto, o amor e o respeito continuam.

Agradeço aos meus pais, Ed Joel, Pai Toninho de Oxum e Pai Toninho de Xangô, por terem me carregado no colo, e me feito uma pessoa melhor. Aproveito para agradecer também os meus filhos que organizaram no sábado passado um jantar maravilhoso em minha homenagem, vocês são maravilhosos!

Muito axé e que essa semana uma semana de muitas realizações!

Nenhum comentário: