terça-feira, 8 de setembro de 2015

Planejando a Obrigação de Sete Anos (Odún Èje)




Quando se iniciamos no Candomblé, já sabemos que vamos passar por ciclos de transformação e renovação dentro do culto e isso damos o nome de àjodún, ou como é mais conhecida, “obrigação” ou "aniversário", sendo elas de, “um ano”, “três anos”, “cinco anos(dependendo do axé)” e “sete anos”. Chamamos de obrigação, por elas são necessárias para sua formação religiosa e hoje vamos falar do odún èje(sete anos), na qual nos tornamos “maiores de idade”, onde vamos assumir o cargo de ègbónmi (meu mais velho) e é marcada por uma grande festividade que precisa ser planejada, organizada e executada com dedicação e felicidade, por isso, vou dar algumas dicas que podem te ajudar.
Priorize! Os grãos, materiais de axé, bichos e despesas da casa de candomblé vem em primeiro lugar, pois são a base da sua “obrigação”, depois que está tudo certo, pago e revisado, então você começa a planejar a roupa de apresentação, roupa de hún, aparamentas, decoração e etc. Eu sugiro um planejamento em dois anos, ou seja, chegou ao cinco anos de iniciado, comece a pensar nos “sete anos”, afinal é a nossa formatura dentro da religião e deve ser festejada, tudo com bom-senso e conforme o seu axé e a orientação do seu zelador.
Para a roupa de apresentação no barracão, o tradicional rechilieu não se perdeu com o tempo, mas também temos a opção dos “entre-meios de renda”, que estão cada vez ficando mais bonitos, para a roupa de hún do seu Orixá e aparamenta, sente com o seu babálorixá e veja as cores e materiais que você pode usar, isso te ajudará muito. 
Para decoração, se você estiver comemorando junto com uma festividade da casa, tente mesclar as cores e não se esqueça de convidar as pessoas que fizeram parte da sua história, como seu padrinho de orunkó, amigos e principalmente familiares. As lembrancinhas devem retratar a essência do seu Orixá, nada de genéricos. Aquelas que podem ser consumidas depois, como os sabonetes e aromatizantes, ainda são as mais usadas, mas acho muito chic as personalizadas e finalizando, faça um álbum, as fotos de celular são bacanas, mas nada como um profissional, lembre-se que esse dia é único.
Pesquise, peça dicas dos mais velhos e não deixe o “carnavalesco” subir a cabeça, pois o encanto está no axé e nos detalhes.Sacrifício, Mérito e Valorização!Muito axé
Babá Diego de Odé - Babálorixá e Consultor Espiritual
11 4141-0167
terradosorixas@hotmail.com

Indico:
- Materias de Axé:
Tudo Para Orixá: 11 - 9 9723-1979 (Falar com Sandro).

- Roupas:
Crioula Fashion: 11 9 4816-7422 (Falar com Mayra).

- Decoração, Doces e Salgados:
Cantinho das Meninas: 11 9 6094-1677 (Falar com Lucy).

- Lembracinhas:
Cheiros e Mimos: 11 3984-3307 (Falar com Kelly).

- Fotografia:
Érica Catarina Fotografia: ericacatarina@gmail.com

Nenhum comentário:

A Força do Ajé - Como funciona

A força do Ajé – Como funciona Sabemos que no Candomblé a força do “Ajé” existe, seja em qual for a época, sempre se ouviu falar que há...