segunda-feira, 8 de julho de 2013

As minhas queridas "Ekedis"


Ao ver minha filha, Ekedi Maíra ir embora, me veio o seguinte pensamento:


As “ekedis” são as senhoras que cuidam de nós quando fechamos os olhos e nos entregamos a uma força maior chamada Orixá. Foram elas quem trocaram as minhas fraldas e cuidaram de mim enquanto minha família estava em oròs e perfurés.



E um dia eu perguntei a uma dessas grandes mães, se ela não se sentia triste de ver todo mundo virado e ela não, e com toda sua sabedoria me respondeu:

“Posso não entrar em transe, mas recebo o Orixá no coração. Passo noites e noites costurando e bordando de vidrinho e lantejoula suas roupas, antes de começar a saída de santo, eu confiro tudinho, pois sei que no momento que o Orixá me suspendeu, ele confiou em mim e viu o quem mais ninguém viu, a CAPACIDADE, e "vixe Maria" de decepcionar, pois palavra de santo não volta atrás ” – Ekedi Jucelina de Xangô (in memorian).

Um excelente fim de noite!

Nenhum comentário:

A Força do Ajé - Como funciona

A força do Ajé – Como funciona Sabemos que no Candomblé a força do “Ajé” existe, seja em qual for a época, sempre se ouviu falar que há...