terça-feira, 14 de abril de 2015

Rumbè - Defenda seu Axé!

A partir do momento que somos iniciados naquele determinado axé, temos que valorizá-lo e buscar seguir seus ensinamentos. É muito bom ler, estudar e trocar ideias com pessoas de outras casas, mas não devemos confundir as coisas, pois é dentro da nossa casa de axé que ganhamos a base e principalmente o filtro para entendermos nosso caminho espiritual.

Recebo muitas mensagens do Brasil todo, de abiãs, yawòs e até egbomis que reclamam que frequentam o candomblé por anos, mas não aprendem nada e que o conhecimento é algo passado apenas a pessoas selecionadas ou da família de seus zeladores. Por todos esses relatos e por aquilo que já passei, sei que isso muitas vezes isso acontece. Por isso, você que está passando por essa situação, vá até seu zelador, abra seu coração e exponha sua duvidas e dificuldades. Se depois disso, as coisas não mudarem, aí sim pense em procurar outro caminho.

Estamos em uma religião para evoluirmos espiritualmente, aumentando nosso nível de consciência e consequentemente melhorando a forma com que vivermos. A falta de informação gera dúvidas e erros que podem prejudicar nosso caminho.

Pai e filhos unidos, essa é a vontade do Orixá, mas devemos entender que se vivemos na ignorância como vamos ter armas para defender nossa religião e o nosso axé?

Nenhum comentário:

Entrevista para TV Alto Astral