segunda-feira, 22 de abril de 2013

A Confiança


No candomblé de Ogum que foi realizado todo na nação Egbá, pude ver e sentir a confiança dos meus filhos, prova disso é que todos os Orixás, mesmo os iniciados em Ketu, responderam durante os atos eu foram realizados. Refletindo, eu cheguei a conclusão que isso aconteceu por conta da força da energia e também porque o Ory dos omo-Orixás confiam em mim e mesmo que o culto seja diferente o Orixá demonstrou que a essência é a mesma e que o amor a casa transcende essas “regras” impostas pelo homem.

Foi um momento de relembrar  o passado e vários fatos vieram a tona, um deles aconteceu quando eu tinha 15 anos estava em candomblé de um amigo que é da nação Angola e uma das pessoas que estavam assistindo entrou em transe e o dito zelador que estava o acampando desvirou o Orixá dizendo que,  ali não era lugar para ele, que ele era feito de Ketu. Tanto naquela época, quanto hoje que também pertenço a Ketu, penso que isso é ignorância, que se o Orixá respondeu em uma casa diferente, de nação diferente é porque ele reconheceu o culto, eu não consigo entender como alguém que é Pai ou Mãe de Santo que diz servir ao Orixá toma uma atitude dessa. Já somos de uma religião tão massacrada e mal falada e com tudo isso, ainda temos preconceito entre nós mesmos.

Fica então a mensagem e espero que meus filhos, amigos e seguidores, pensem sobre isso, reflitam sobre a confiança que vocês tem nos seus zeladores e no axé onde estão, pois isso interfere de forma positiva ou negativa na evolução espiritual de cada um.
Muito axé para todos e uma excelente semana!

Nenhum comentário: